6 de nov de 2013

Índice de aprovação no Exame da OAB é considerado baixo


Apenas 204, dos mais de 2 mil bacharéis em direito que fizeram o Exame de Ordem da  OAB –Ordem dos Advogados do Brasil – Sessão Pará, foram aprovados para exercer a profissão de advogado.
Isto significa um percentual de apenas 10% dos candidatos; um índice considerado baixo, na opinião de Gian Carlos Araújo Soares, um dos aprovados no exame. Ele diz que o nível de exigência é muito alto se equiparando a esfera de juízes federais.
De acordo com dados da OAB, dos 204 aprovados em todo o Estado, 179 foi em Belém, 15 em Santarém e 10 em Marabá. O prazo recursal foi aberto logo em seguida tendo que se concluir até o dia 19.
Este foi o 11º Exame de Ordem. A primeira fase foi aplicada no dia 18 de agosto e a segunda em 6 de outubro. Ontem, dia 4, a OAB publicou o edital abrindo as inscrições para o 12º Exame.
Em todoo Brasil mais de 101 mil bacharéis se inscreveram para a primeira fase do exame e pouco mais de 19 mil passaram para a fase final.
Cerca de 12 mil candidatos foram aprovados na segunda fase e tiveram os nomes divulgados neste resultado preliminar, o que dá um índice de aprovação inferior a 12%.
No exame anterior o índice de aprovados foi de 28,07%. (Reportagem: Francesco Costa)


Nenhum comentário:

Postar um comentário