13 de nov de 2012

Reaberto período de regularização eleitoral




 Foi reaberto hoje, terça-feira, 13, o período de regularização eleitoral. Em Parauapebas, na 75ª Zona Eleitoral, foi grande a movimentação no primeiro dia de reabertura dos processos.
Falou com o jornalista Francesco Costa, sobre o assunto, o chefe do cartório eleitoral, Rafael Xavier, esclarecendo que o fechamento de cadastro ocorreu, como em todo ano eleitotal, 90 dias antes de iniciar as campanhas.
“Agora foi aberto com autorização do TSE”, explica Rafael, contando que o prazo previsto era o dia seis de novembro, porém o TSE adiou. Ele cita ainda os serviços oferecidos: emissão do primeiro título de eleitor, emissão de segunda via, correção de erros no documento eleitoral, transferência de título.
Entre todos os serviços, conforme informou o chefe do cartório, o mais procurado é a emissão do primeiro título, em virtude de sua necessidade para o alistamento militar; o segundo é a transferência, estimulada pelo fluxo migratório que ocorre na região; a regularização de títulos cancelados também ocupa boa posição na procura.  
“A estrutura do cartório eleitoral da 75ª Zona Eleitoral de Parauapebas não é suficiente para atender bem a demanda do município”, admite Rafael, esclarecendo que, mesmo assim, é possível atender quem procura os serviços, mas sugere que o ideal é que tivésse algum outro local.
Porém um novo cartório sendo construído próximo do local onde funciona o atual e já está em fase de acabamento, não tendo sido concluído por questões burocráticos. O novo prédio, segundo informou Rafael, abrigará duas zonas eleitorais.
Alternativa - As pessoas podem utilizar o site do TSE, para fazer a operação de pré atendimento e depois procurar o cartório eleitoral. As pessoas que usam o pré atendimento tem prioridade no cartório eleitoral. “Isso proporciona maior facilidade tanto para o eleitor quanto para a justiça eleitoral”, incentiva Rafael, orientando a usar o endereço  www.tse.jus.bre escolher o ícone pré atendimento eleitoral; depois deve preencher todos os dados, imprimir e comparecer ao cartório eleitoral com todos os documentos necessários ao atendimento,que são: Documento de Identidade (RG), comprovante de endereço.
O serviço de pré atendimento eleitoral não cobra taxas extras, tendo o eleitor que pagar apenas as pendências referentes a multas.
 O prazo para regularização do título eleitoral irá até três meses antes das eleições de 2014, ou seja a pessoa tem todo o ano de 2013 e metade do ano de 2014 para regularizar.
  



Nenhum comentário:

Postar um comentário